Seu filho come mal?

Publicado em 01.10.2019 - Notícias - Sem comentários

Para falar sobre a importância de cada alimento para nosso corpo, a pediatra Daniela Capuzzo fez uma visita aos pequenos do Maternal II B. O objetivo dessa conversa cheia de sabor foi mostrar para as crianças a diferença de cada um dos alimentos, os benefícios que eles podem trazer e o quanto é importante comê-los.

Durante a atividade, um jogo foi usado para prender a atenção das crianças no assunto. A pediatra abordou, de forma lúdica, a questão da variedade de mantimentos, usando uma cartolina com o desenho do corpo humano. Ao indicar as partes no desenho, os alimentos que geram benefícios para elas eram mencionados como “heróis”.

Segundo Daniela, para uma vida saudável, é muito importante ter uma alimentação variada. Existem alimentos que são bons para visão, trato gastrointestinal, crescimento, inteligência, aprendizado e, além de tudo, dar energia, correr e brincar.

“Brincar com os alimentos é uma ótima forma de mostrar para as crianças os benefícios de comê-los. Durante a atividade, levei para a sala de aula alguns legumes, verduras e frutas para eles conhecerem, tocarem; esse contato faz com que as crianças se sintam mais interessadas pela boa alimentação”, afirma Daniela.

Aos mencionar as frutas, as cores são fortes aliadas. A pediatra dá uma dica para os responsáveis: preparar uma salada de frutas é uma opção perfeita para despertar o interesse por esse tipo de alimento! A variação, evidenciada principalmente pelas diferentes cores, chama a atenção das crianças e ajuda no desejo de querer provar todas as frutas. Durante a atividade no Maternal, todos os alunos experimentaram cada uma delas separadamente.

Ao fim da aula, os estudantes receberam um crachá, com seu nome e a representação de um boneco com vários alimentos, que indicava que se tornaram “doutores dos alimentos”, estimulando-os, assim, a chegar em casa e passar  as informações para as famílias.

“Dar essa aula foi muito maravilhoso e gratificante, porque o desenvolvimento da criança é muito importante, e eu como profissional invisto muito nessa questão. É nessa idade que eles desenvolvem o paladar e começam a conhecer os alimentos e, dessa forma, as chances de introduzir uma alimentação saudável na rotina são muito maiores, aumentando a probabilidade de se tornarem um adulto que vai se alimentar bem”, conclui a pediatra.

Ficou curioso? Veja uma listinha preparada por Daniela sobre alguns alimentos que podem ajudar na formação das crianças e também trazem benefícios aos adultos:

– acerola e laranja: ajudam a não ficar doente;
– cenoura e beterraba: são ricas em vitamina A e ajudam na visão;
– carboidratos: são ótimas fontes de energia;
– proteínas: auxiliam no crescimento;
– mamão, couve e aveia: perfeitos para o trato intestinal.

Pronto; já podemos comer melhor!

 

  • IMG_5752
  • IMG_5753
  • IMG_5754
  • IMG_5755
  • IMG_5760
  • IMG_5762
  • IMG_5767
  • IMG_5768
  • IMG_5770
  • IMG_5771
  • IMG_5772
  • IMG_5773
  • IMG_5774
  • IMG_5775
  • IMG_5776
  • IMG_5777
  • IMG_5778
  • IMG_5779
  • IMG_5780
  • IMG_5782
  • IMG_5783
  • IMG_5786
  • IMG_5790
  • IMG_5791
  • IMG_5793
  • IMG_5795
  • IMG_5796
  • IMG_5797
  • IMG_5799
  • IMG_5800
  • IMG_5801
  • IMG_5802
  • IMG_5804
  • IMG_5805
  • IMG_5806
  • IMG_5807
  • IMG_5808
  • IMG_5809
  • IMG_5810
  • IMG_5812
  • IMG_5813
  • IMG_5815
  • IMG_5817
  • IMG_5818
  • IMG_5821
  • IMG_5822
  • IMG_5824
  • IMG_5825
  • IMG_5826
  • IMG_5827
  • IMG_5828
  • IMG_5829
  • IMG_5830
  • IMG_5831
  • IMG_5832
  • IMG_5833